Esqueci minha senha!
Criar meu cadastro
Revista FIEL


Aumentar a Fonte   Diminuir a Fonte
25.05.2011
Participe agora do abaixo-assinado
O pastor Silas Malafaia lançou um abaixo-assinado contra o PL 122 e o Kit Gay que o Ministério da Educação e Cultura (Mec) pretende distribuir nas escolas públicas do Brasil. O objetivo é coletar um milhão de assinaturas até o dia 1º de junho, quando acontecerá um manifesto pacífico em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, às 15h. O abaixo-assinado será protocolado no Senado.

Clique aqui e assine agora mesmo o abaixo-assinado eletronicamente. Basta preencher os campos Nome, E-mail (mantido guardado num local privado e seguro e utilizado apenas para validar sua assinatura) e Cidade. Em seguida será enviado para o e-mail cadastrado uma mensagem com um link de confirmação. Só clicar neste link e pronto!

Você também pode reforçar essa campanha caso vá à manifestação em Brasília no dia 1º de junho ou conheça alguém que participará. Basta imprimir este abaixo-assinado e recolher assinaturas com as pessoas de bem que amam a FAMÍLIA e rejeitam o PL 122 e o Kit Gay. No local da manifestação, haverá uma mesa identificada ao lado do trio elétrico para recolher seu abaixo-assinado. Clique aqui e imprima!


Entenda mais

O PL 122 é um projeto de lei que criminaliza qualquer ação, opinião ou crítica que venha a ser interpretada como discriminação ou preconceito quanto ao homossexualismo no Brasil, com pena de 2 a 4 anos de prisão. Sendo assim, fere a liberdade religiosa e de expressão, direitos garantidos pela Constituição brasileira, expressas no artigo 5º, incisos 4, 6, 8 e 9. “Essa é uma lei vergonhosa, que finge proteger a prática homossexual, porém, sua intenção real é colocar uma mordaça na sociedade e criminalizar os que são contra o comportamento homossexual. Com essa lei querem atingir as famílias, as questões religiosas e a liberdade de expressão”, afirma o pastor Silas Malafaia, que convida os brasilienses para participarem desse manifesto.

O kit Escola sem homofobia, mais conhecido como Kit Gay, contém um caderno, três vídeos que abordarão transexualidade, bissexualidade e relação entre 2 meninas, material de apoio sobre diversidade sexual para discutir em classe e cartazes, segundo informações da assessoria de imprensa do Mec. Apesar de a presidente da República, Dilma Rousseff, suspender a distribuição, é preciso ratificar a indignação da família brasileira contra o Kit Gay, mantendo-o no abaixo-assinado. Afinal, o objetivo do Ministério da Educação e Cultura era distribuir o kit, a partir do segundo semestre de 2011, para 6.000 colégios públicos do país, com alunos de 14 a 18 anos.

Clique aqui para saber por que o PL 122 é inconstitucional!

Siga-nos no twitter @soucontraoPL122 e @pastormalafaia.


Internautas online 7